terça-feira, 23 de junho de 2015

VIGILÂNCIA AMBIENTAL

Xinguara recebe ações de Vigilância Ambiental  

Uma equipe de técnicos da Secretaria de Saúde e da Vigilância Ambiental do Estado está em Xinguara para desenvolver ações de vigilância ambiental no município. O trabalho compreende na identificação dos fatores ambientais de risco à saúde, para desenvolver ações de prevenção e controle de doenças e agravos à saúde de populações expostas ou sob risco de exposição a solos contaminados. A equipe composta de três técnicos, sendo um estadual e dois regionais iniciou os trabalhos em Sapucaia e agora Xinguara e posteriormente Rio Maria, Pau D’arco e Redenção.

O Sanitarista Benedito Santos, da Secretaria de Saúde do Estado, explicou que a missão da equipe é fazer o cadastramento e recadastramento de áreas com população exposta a produtos químicos, que é programa  VigiSolo, um Programa de Vigilância Ambiental em Saúde de Populações Expostas ou sob risco de exposição a Solos Contaminados.

Benedito Santos, João Magalhães, Salvador Correia, Ana Chélida ,  Gustavo e Merá
A equipe de vigilância ambiental do Estado e mais o coordenador local, Marconi Ribeiro (Merá), iniciaram os trabalhos nesta terça-feira, 23, na busca de identificar e cadastrar algumas áreas. “Essas áreas vão ser cadastradas e depois vamos ter um treinamento com ele (Merá) para inserção dessas áreas no sistema de informação para que o Estado e o Ministério da Saúde possam identificar essas áreas de risco aqui no município”, explicou Benedito Santos.

Nosso papel, continuou, é identificar, treinar e capacitar o município, para tá identificando essas áreas que são, de qualquer forma, áreas que podem contaminar o meio ambiente, as pessoas que vivem em volta desses ambientes.

São áreas como cemitérios lixões, fabricas que possam está minando produtos químicos, postos de combustível, lava jato e outras áreas que possam contaminar tanto a área quanto o solo.

Resultado
Após a identificação das áreas há um trabalho em conjunto, secretaria de meio ambiente e secretaria de Vigilância Ambiental no sentido de trabalhar essa população em volta dessas áreas, com palestras educativas, a fim de orientar essa população dos cuidados que ela deve ter com relação a essas áreas.

O sanitarista da Vigilância Ambiental do Estado parabenizou o município de Xinguara pelo aterro sanitário existente. “Estão bem adiantado, pois há uma á rea específica, estão de parabéns”, disse.

A equipe é composta pelo Sanitarista da Sespa, Benedito Santos, João Magalhães Carvalho e Salvador Correia Bento, coordenador de Vigilância Ambiental na 12ª Regional de Saúde, em Conceição do Araguaia e mais o coordenador de Vigilância Municipal Sanitária e Ambiental de Xinguara, Marconi Ribeiro (Merá).

Moraes Filho da redação do Jornal Manancial 

Nenhum comentário:

Postar um comentário