sábado, 16 de maio de 2015

ZEQUINHA MARINHO

Zequinha Marinho assume comando interino do Estado
Esta é a segunda vez que Zequinha Marino assume interinamente o governo. A primeira foi em meados de janeiro deste ano

Foto: Agência Pará
A partir deste sábado, 16, até a próxima segunda-feira, 18, o vice-governador do Estado Zequinha Marinho assume a função constitucional de governador em exercício. A substituição temporária no comando do Executivo Estadual ocorrerá por conta da viagem oficial internacional que o governador Simão Jatene fará ao continente africano, onde participará de ações voltadas para o fortalecimento de parcerias entre o Governo do Pará e empresários argelinos.

No fim de semana, Zequinha Marinho vai cumprir agenda previamente estabelecida com compromissos da Vice-Governadoria, no interior do Estado. Como governador em exercício, o primeiro compromisso será no município de Baião, no Baixo Tocantins, onde ocorrerá um mutirão de ações sociais promovido pela Vice-Governadoria em parceria com a Defensoria Pública do Estado. A iniciativa vai integrar a programação do Encontro de Comunidades Quilombolas, que este ano tem como tema “Nossa Casa, Nossa Terra e Nossa Identidade”, na Vila Umarizal, zona rural do município.

Esta é a segunda vez que Zequinha Marino assume interinamente o governo. A primeira foi em meados de janeiro deste ano. Entre os compromissos de agenda do governador em exercício na segunda-feira, 18, estão reuniões com empresários e a participação em cerimônias públicas.

A viagem internacional do governador foi aprovada em reunião conjunta, nesta semana, pelas Comissões de Constituição e Justiça e de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa do Estado. O Governo do Pará está reforçando parcerias com empresas que têm a intenção de se instalar no Estado, nos próximos anos. Uma delas é a Cevital International, especializada em produtos alimentícios. Com sede na Argélia, a empresa pretende investir na área de armazenagem e processamento de grãos, no Pará.

Postador: Manancial de Carajás, com informações de ORMNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário