quinta-feira, 9 de abril de 2015

VIOLÊNCIA

JORNALISTA LEVA TIRO DURANTE ASSALTO

Local da bala onde Juno Brasil 
foi atingido no braço
O jornalista Juno Brasil foi baleado durante assalto na tarde desta quarta-feira (8), num trecho entre Parauapebas e Canaã dos Carajás, sudeste do Pará.
Precisamente à altura do quilômetro 45, às proximidades do balneário Água Boa.

Juno retornava de Canaã, onde tinha ido sacar o valor de R$ 1,8 mil em agência bancária daquela cidade.

Ao perceber que estava sendo seguido por outra motocicleta preta, o profissional de Imprensa, que também estava na sua moto, tratou de acelerar. Mas foi perseguido de perto e quando os ocupantes da outra motocicleta conseguiram emparelhar, o da garupa sacou de um revólver e sem falar nada, foi logo disparando.

Foram três tiros, mas apenas um atingiu o jornalista. Ele foi ferido no braço esquerdo, a altura da axila. O projétil transfixou.

Juno Brasil caiu no meio do mato, todo ensanguentado, enquanto os meliantes saqueavam o dinheiro e outros pertences da vítima. Brasil foi socorrido por motoristas que passavam pela rodovia e levado para um Hospital de Parauapebas.

O pôster manteve contato telefônico com o repórter, pela manhã, e pode garantir que ele está fora de perigo. Juno Brasil, por muitos anos fez parte da equipe do Jornal Opinião, onde integrava a Editoria de Polícia.

Atualmente está radicado em Parauapebas.

É a violência sem limites que assola a região.

Postador: Manancial de Carajás com informações de Nilson Santos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário